Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

Posts Tagged ‘gestão empreendedora’

Internacional : Exemplo de visão de futuro

Posted by marcelao em janeiro 31, 2009


Blog do Marcelão

↑ Grab this Headline Animator

Pessoal,

                  como escrevi no post anterior sobre a gestão no Flamengo, considero o Internacional de Porto Alegre uma das exceções em termos de gestão no futebol brasileiro.

                   Hoje(31.01.2009), tivemos mais uma confirmação da eficiência e efetivadade da gestão do Inter, pois o seu estádio, Beira-Rio, foi indicado como estádio para a copa do mundo de 2014 no Brasil, caso a cidade de Porto Alegre seja uma das doze cidades escolhidas pelo comitê da FIFA para receber jogos da copa.

Leia o resto deste post »

Posted in Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de Projetos, Inovação, liderança, Planejamento Estratégico | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Flamengo : Evoluir para Reconquistar

Posted by marcelao em janeiro 28, 2009


Blog do Marcelão

↑ Grab this Headline

Pessoal,

                 é claro que muitos devem ter percebido que meu time de coração é o Flamengo, por essa razão é que não tenho tanta humildade, pois meu time não deixa(rsrsrs). Como todo torcedor, eu acompanho as notícias do meu time e ontem li uma notícia no portal Globo.com com o seguinte título : “‘Se Marcelinho não quer ficar, a porta da rua é serventia da casa’, diz dirigente”. Essa foi a frase de um dirigente do Flamengo dita após os empresários do jogador solicitarem uma reunião motivada por atrasos salariais e descumprimento de acordos sobre pagamento de luvas.

                  Essa frase mostra como nossos clubes de futebol estão sendo mal geridos, porque um dirigente fazer uma ameaça dessas sem estar cumprindo com o seu dever para com o jogador é porque muita coisa está errada na gestão do clube.

                  No Brasil, temos muitas áreas que ainda não entenderam a importância de profissionalizar a gestão de suas organizações. O futebol é uma delas. Mas, percebemos que muitas dessas áreas estão procurando as melhores práticas em busca da excelência na gestão e já visualizam uma luz no fim do túnel. A pergunta é : Há uma luz no fim do túnel para a gestão dos clubes brasileiros de futebol?

Leia o resto deste post »

Posted in Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Inovação, liderança, Marketing | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , | 6 Comments »

Palestra Realizada na Tecnologia do BB : Empreendedorismo, Inovação e projetos

Posted by marcelao em dezembro 13, 2008


Blog do Marcelão

↑ Grab this Headline Animator 

BOAS NOTÍCIAS

Pessoal,

                realizei hoje (11.12) uma palestra na diretoria de tecnologia do Banco do Brasil com o titulo “empreendedorismo corporativo, inovação e projetos”. O objetivo da palestra era apresentar o que caracteriza a inovação e o empreendedorismo e a relação deles com a gestão de projetos.

Leia o resto deste post »

Posted in Colaboração, competição, Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Gestão de pessoas, Gestão de Projetos, Gestão do Conhecimento, Inovação, liderança, Nova Economia, Palestras realizadas | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 24 Comments »

Frases Inspiradoras sobre Aprendizado

Posted by marcelao em setembro 10, 2008


Blog do Marcelão

↑ Grab this Headline Animator

“Os analfabetos do próximo século não são aqueles que não sabem ler ou escrever, mas aqueles que se recusam a aprender, reaprender e voltar a aprender.” Alvin Tofler

“Não basta ensinar ao homem uma especialidade, porque se tornará assim uma máquina utilizável e não uma personalidade. É necessário que adquira um sentimento, um senso prático daquilo que vale a pena ser empreendido, daquilo que é belo, do que é moralmente correto.” Albert Einstein

“Eu não me envergonho de corrigir meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender.” Alexandre Herculano

“Confessar um erro é demonstrar, com modéstia, que se fez progresso na arte de raciocinar.” Jonathan Swift

“Experiência não é o que acontece com você, mas o que você fez com o que lhe aconteceu.” Aldous Huxley

“A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.” Albert Einstein

“Os problemas significativos que enfrentamos não podem ser resolvidos no mesmo nível de pensamento em que estávamos quando os criamos.” Albert Einstein

Bookmark and Share

Todas as frases postadas estão reunidas na página “Frases e pensamentos marcantes”

Leia também os seguintes posts :

Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler

Miopia gerencial – > Clique aqui para ler;

Importância do aprendizado contínuo – > Clique aqui para ler;

Mudança de época requer mudança de pensamento – > Clique aqui para ler 

Transferência de poder e nova postura do profissional – > Clique aqui para ler;

Modelos de gestão – necessidade de evolução – > Clique aqui para ler;

Livro : Qual é a tua obra? – > Clique aqui para ler;

Importância da franqueza nas organizações – > Clique aqui para ler;

Sua empresa é Flexível? – > Clique aqui para ler;

Competências dos lideres do futuro – II – > Clique aqui para ler;

Como transformar sua empresa em uma empresa adaptável aos novos tempos? – > Clique aqui para ler;

Livro : Wikinomics – > Clique aqui para ler;

Posted in Colaboração, Empreendedorismo, Frases Marcantes, Gestão do Conhecimento, Inovação | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comment »

Frases inspiradoras sobre Criatividade e Inovação – II

Posted by marcelao em agosto 28, 2008


Blog do Marcelão

↑ Grab this Headline Animator

“Um pressentimento é a criatividade tentando te dizer algo.” (Frank Capra)

“Um aspecto essencial da criatividade é não ter medo de fracassar.” Dr. Edwin Land (Leia mais sobre isso aqui)

“As empresas inovadoras não gastam esforços para defender o passado.” Peter Drucker

“Um executivo que não sabe gerenciar a inovação é incompetente e inadequado para a sua função.” Peter Drucker (Leia mais sobre isso aqui)

“Há dois tipos de pessoas no mundo : os realistas e os sonhadores. Os realistas sabem onde estão indo. Os sonhadores já estiveram lá.” Robert Orben.

“O sábio não é o homem que dá as verdadeiras respostas : É aquele que faz as verdadeiras perguntas.” Claude Lévi-Strauss

“Imaginação é o início da criação. Nós imaginamos o que desejamos; nós seremos o que imaginamos; e, no final, nós criamos o que nós seremos.” George Bernard Shaw

“Inovação é atribuir novas capacidades aos recursos (pessoas e processos) existentes na empresa para gerar riqueza.” Peter Drucker

“Para usarem o seu potencial criativo as pessoas precisam de :

– Liberdade para estudar;

– Liberdade para questionar;

– Liberdade para se expressar;

– Liberdade para serem elas mesmas. ” M. I. Stein

“Criatividade é fazer o novo e reordenar o velho.” Mike Vance – Disney Corporation (Leia mais sobre isso aqui)

Bookmark and Share

Todas as frases postadas estão reunidas na página “Frases e pensamentos marcantes”

Leia também os seguintes posts :

Google – Modelo de Inovação na Gestão – > Clique aqui para ler;

Questionar é preciso : liderando equipes talentosas – > Clique aqui para ler;

Modelos de gestão – necessidade de evolução – > Clique aqui para ler;

Liderança do Futuro – Lider 2.0 – > Clique aqui para ler;

Motivação – O que é isso? – > Clique aqui para ler;

Livro : O lider do futuro – > Clique aqui para ler;

Funcionários satisfeitos = maior valor das ações – > Clique aqui para ler;

Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler

Miopia gerencial – > Clique aqui para ler;

Livro : O futuro da administração – > Clique aqui para ler;

Sua empresa é Flexível? – > Clique aqui para ler;

Transferência de poder e nova postura do profissional – > Clique aqui para ler;

Livro : Wikinomics – > Clique aqui para ler;

Posted in Empreendedorismo, Frases Marcantes, Gestão 2.0, Gestão do Conhecimento, Inovação | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Forum Mundial de Estratégia HSM 2008 – Impressões Parte VI / Resumo do Livro A Estratégia do Oceano Azul

Posted by marcelao em agosto 21, 2008


Pessoal,

              hoje o resumo será sobre a palestra da Reneé Maubourgne, autora em parceria com W. Chan Kim do livro “A estratégia do Oceano Azul”, um dos conceitos de maior sucesso dos últimos anos no mundo dos negócios, traduzido para 29 idiomas, quebrando o recorde das demais publicações da Harvard Business School Publishing.

A Estratégia do Oceano Azul

              A tese do livro baseia-se no conceito de que se deve pensar o mundo dos negócios em dois oceanos : vermelho e azul. No oceano vermelho, temos as empresas brigando pelos espaços no mercado, pelos mesmos clientes buscando uma maior fatia, sendo que nesse processo, o esforço e o confronto são intensos com em uma batalha sangrenta e que aos poucos deixa o “oceano” na cor vermelha devido ao sangue derramado fazendo uma analogia das empresas como se fossem tubarões. O resultado disso é que se reduzem as expectativas de lucro e crescimento.

               Já o oceano azul, representa mercados não explorados pelas empresas. São clientes que ainda não tiveram suas necessidades atendidas. Trata-se dos não-clientes das empresas. O objetivo aqui é gerar demanda e valer-se das amplas oportunidades de crescimento rápido e lucrativo. Trata-se de identificar uma possível demanda e criá-la, em vez de disputá-la com a concorrência. Nas palavras de Reneé : “O oceano azul ocorre para aquele que olha a mesma coisa que seus concorrentes, mas enxerga diferente”.

               A estratégia do oceano azul envolve a quebra de alguns paradigmas como a mentalidade existente dentro das empresas de que se deve vencer os concorrentes quando na verdade devemos tornar a concorrência irrelevante, afinal de contas quanto mais uma empresa se compara aos seus concorrentes, mais igual a eles ela fica, adotando uma postura de seguidora e não inovadora. Fazendo um paralelo com a palestra de Prahalad, envolve quebrar o trade-off diferenciação OU baixo custo, procurando alinhar as atividades da empresa em busca da diferenciação E baixo custo.

               Como exemplo de empresa que criou um oceano azul, a palestrante citou o caso da Nintendo com a criação do console WII. No fim dos anos 90, o mercado de videogames tinha uma disputa acirrada entre fabricantes : Sony com o console Playstation, Microsoft e seu X-box e a Nintendo. O público alvo desse mercado eram jovens e adolescentes que gostavam de jogos de ação, cada vez mais rápidos, violentos e cheios de efeitos gráficos. Nesse mercado, a Nintendo estava em terceiro lugar.

               A Nintendo desejava sair dessa incomoda posição e lançou um desafio interno : Como ser o número 1 nesse mercado? A resposta para esse desafio foi o WII, um console totalmente diferente do tradicional que pode ser jogado por toda a família, incluindo de uma só vez nesse mercado as meninas, crianças que não gostavam de videogames, os pais e até mesmo os avós.

                Grande parte do sucesso de atração desses novos clientes deve-se a proposta do produto WII com uma imagem completamente diferente do sedentarismo ao qual os videogames eram associados com a utilização de controles simples e fáceis de manusear e com jogos que simulam diversos esportes como boliche, tênis e até uma banda completa de música, o que faz com que as pessoas passem a se movimentar, sendo um fator de combate a obesidade. Uma curiosidade sobre o Wii é que os avós passaram a comprar o console para que os seus netos passassem a visita-los mais.

                O parágrafo acima foi sobre a diferenciação do produto e para complementar a quebra do trade-off diferenciação X baixo-custo, a Nintendo baixou os custos de produção ao não investir em engenhosos jogos com alta definição de gráficos.

                Outro exemplo de conciliação de um produto diferenciado com baixos custos é o Cirque Du Soleil que inova nas suas apresentações e coreografias e, reduziu os seus custos eliminando a maior fonte que são animais com seus cuidados necessários e os grandes astros.

                Na área financeira, mais especificamente no segmento de bancos, a palestrante citou o caso do banco ING que desafiou o mercado financeiro com sua estratégia de poucos produtos, baixo risco e retorno financeiro para o cliente acima da média de mercado (4 vezes acima do mercado). O ING entende que deve trabalhar com produtos onde o custo de movimentação do dinheiro seja baixo, por essa razão ele não trabalha com cartões devido ao custo de logistica dos mesmos. Além disso, trabalhar com poucos produtos reduz o operacional e a necessidade de treinamentos, além de facilitar a vida do cliente oferecendo poucas escolhas, uma vez que o cliente quer é retorno sobre investimento e não uma quantidade enorme de opções de investimentos. Para se ter uma idéia, o custo médio de aquisição de um cliente pelos bancos é de 140 em moeda local, enquanto no ING esse custo é de 40.

                A estratégia do ING está baseada em 3 propostas :

                – Proposta de valor – > Como os clientes ganham?

                – Proposta de lucro – > Como eu ganho?

                – Proposta de pessoas – > Como motivo?

                Para fechar, a estratégia do oceano azul é calcada em um modelo de quatro ações :

                – Reduzir – > Quais os atributos devem ser reduzidos bem abaixo dos padrões setoriais?

                – Eliminar – > Quais os atributos considerados indispensáveis pelo setor devem ser eliminados?

                – Elevar – > Quais os atributos devem ser elevados bem acima dos padrões setoriais?

                – Criar – > Quais os atributos nunca oferecidos pelo setor devem ser criados?

Um abraço e até o último post dessa série.

Bookmark and Share

Leia também os seguintes posts :

Sua empresa é Flexível? – > Clique aqui para ler;

Questionar é preciso – Liderando equipes talentosas – > Clique aqui para ler;

Livro : O futuro da administração – > Clique aqui para ler;

Modelos de gestão – necessidade de evolução – > Clique aqui para ler;

Época de mudança ou mudança de época? – > Clique aqui para ler;

Mudança de época requer mudança de pensamento – > Clique aqui para ler 

Livro : Desafios gerenciais do século XXI – > Clique aqui para ler;

Funcionários satisfeitos = maior valor das ações – > Clique aqui para ler;

Importância do aprendizado contínuo – > Clique aqui para ler;

Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler;

Transferência de poder e nova postura do profissional – > Clique aqui para ler;

Posted in Colaboração, competição, Empreendedorismo, Inovação, Marketing, Nova Economia, Planejamento Estratégico, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comments »

Indicação de Blog – DoceBlog

Posted by marcelao em junho 1, 2008


Pessoal,

 

              segue mais uma indicação de blog para vocês. Dessa vez, indico o blog DoceBlog do Roberto Machado hospedado no link www.doceshop.com.br/blog . Trata-se de um blog corporativo criado com o objetivo de “promover e incentivar práticas empreendedoras. São discutidas estratégias de marketing, idéias e oportunidades de negócio, práticas de gestão de micro e pequenas empresas que estão obtendo melhores resultados e o dia-a-dia empreendedor do proprietário da DoceShop Roberto Machado.”

              Como sempre faço quando indico um blog, destaco o post criado pelo Roberto chamado “Como desenvolver e usar sua intuição na tomada de decisões.” disponível no link http://www.doceshop.com.br/blog/?p=402 . O post é sobre a necessidade de não tomar decisões usando apenas resultados apresentados por programas de computadores ou pesquisas, sendo necessário muitas vezes usar a sua intuição. Já escrevi sobre isso no post sobre processo decisório (clique aqui para ler) e a importância do planejamento estratégico para o processo decisório (clique aqui para ler).

              Na visão de Roberto, o verdadeiro empreendedor toma muitas decisões através da mistura de dois elementos : Informações lógicas e emoção (informação abstrata, sentimento). A essa mistura dá-se o nome de intuição.

              Roberto argumenta que para melhorar a sua intuição você deve ler, refletir e experimentar. Ler porque aumenta o número de perspectivas pelas quais você pode olhar um problema ou apresentar soluções. Refletir porque você deve sempre estar questionando as verdades e os pressupostos e até mesmo as suas verdades. Experimentar porque sem tentar o novo, você nunca alcançará o sucesso e, se por acaso errar, aprenda e corrija os erros procurando sempre evoluir.

              Para concluir, vou citar o exemplo da Sony que, antes de lançar o Walkman, fez uma pesquisa com consumidores para saber a viabilidade de sucesso de venda de um dispositivo que permitisse ouvir música onde você estiver. A pesquisa apontou que o produto seria um fracasso, mas seu fundador, Akio Morita, ignorou os resultados e lançou assim mesmo. Se temos o Ipod e outros dispositivos móveis foi por conta dessa ousadia baseada puramente na intuição.

 

Um abraço.

 Leia também os seguintes posts :

Importância do aprendizado contínuo – > Clique aqui para ler;

Empreendedorismo corporativo e o gerente de projetos – > Clique aqui;

Livro : Empreendedor Corporativo – a nova postura de quem faz a diferença – > Clique aqui para ler;

Medo – Barreira para a inovação – > CLique aqui para ler;

As sete leis da criatividade – > Clique aqui para ler;

Frases inspiradoras sobre aprendizado – > Clique aqui para ler;

Importância do planejamento estratégico para o processo decisório – > Clique aqui para ler;

Posted in Colaboração, Empreendedorismo, Inovação, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Frases inspiradoras sobre criatividade e inovação

Posted by marcelao em maio 20, 2008


“Um pressentimento é a criatividade tentando te dizer algo.” (Frank Capra)

“Um aspecto essencial da criatividade é não ter medo de fracassar.” Dr. Edwin Land

“As empresas inovadoras não gastam esforços para defender o passado.” Peter Drucker

“Um executivo que não sabe gerenciar a inovação é incompetente e inadequado para a sua função.” Peter Drucker

“Há dois tipos de pessoas no mundo : os realistas e os sonhadores. Os realistas sabem onde estão indo. Os sonhadores já estiveram lá.” Robert Orben.

“O sábio não é o homem que dá as verdadeiras respostas : É aquele que faz as verdadeiras perguntas.” Claude Lévi-Strauss

“Imaginação é o início da criação. Nós imaginamos o que desejamos; nós seremos o que imaginamos; e, no final, nós criamos o que nós seremos.” George Bernard Shaw

 Tecnologia Sketch Inovacao Ciencia Investigacao MIT Futuro Ideias

“Inovação é atribuir novas capacidades aos recursos (pessoas e processos) existentes na empresa para gerar riqueza.” Peter Drucker

“Para usarem o seu potencial criativo as pessoas precisam de :

– Liberdade para estudar;

– Liberdade para questionar;

– Liberdade para se expressar;

– Liberdade para serem elas mesmas. ” M. I. Stein

“Criatividade é fazer o novo e reordenar o velho.” Mike Vance – Disney Corporation

Todas as frases postadas estão reunidas na página “Frases e pensamentos marcantes”

Leia também os seguintes posts :As sete leis da criatividade – > Clique aqui;

Empreendedor corporativo – > Clique aqui;

Medo – Barreira para inovação – > Clique aqui;

Empreendedorismo, Inovação e projetos – > Clique aqui;

Empreendedorismo Corporativo e o gerente de projetos – > Clique aqui;

 Livro : O futuro da administração – > Clique aqui;

A importância das pessoas para inovação nas empresas – > Clique aqui;

Importância do feedback para as pessoas – > Clique aqui;

Importância do aprendizado contínuo – > Clique aqui;

 

 

 

Posted in Colaboração, Empreendedorismo, Frases Marcantes, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Gestão de pessoas, Gestão do Conhecimento, Inovação | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 4 Comments »

Livro : Empreendedor Corporativo – A nova postura de quem faz a diferença

Posted by marcelao em maio 16, 2008


Pessoal,

               o assunto empreendedor corporativo é um dos temas mais visitados aqui nesse blog. Diante disso, apresento mais uma indicação de livro (clique aqui para acessar outro livro nessa área) que é o livro do Eduardo Bom Angelo que se chama “Empreendedor Corporativo – A nova postura de quem faz a diferença”.

               Conheci o livro assistindo a palestra que o Eduardo apresentou na Endeavor e que está disponível no link http://endeavor.isat.com.br/info.asp?Palestra_ID=141 . A palestra toda é baseada no livro.

               Engana-se quem achar que é tudo teoria, pois a obra é baseada nas experiências do autor como Diretor-Presidente da Brasilprev e em outros negócios desenvolvidos durante a sua carreira e na coordenação do centro de empreendedorismo das faculdades IBMEC/SP.

               O livro procura abordar a questão do empreendedor corporativo de forma holística e multidisciplinar, analisando vários aspectos que contribuem ou inibem o surgimento do empreendedor corporativo dentro das empresas(clique aqui para ler mais).

               São abordados os aspectos que norteiam o atual ambiente competitivo em que as empresas vivem como as mudanças radicais no ambiente socio-economico global e a exigência de respostas mais apropriadas a esse novo tempo, a importância de se rever as ferramentas e modelos de gestão(leia mais aqui) atualmente utilizadas pelas empresas e que já não são mais apropriadas as exigências do cenário competitivo atual(leia o resumo do livro “O futuro da administração” clicando aqui).

                Para isso, será necessário resgatar e implantar um compromisso ético entre as partes e a busca por resultados que não exiga que os individuos faltem com a verdade em nome de uma maior lucratividade, além de criar um senso de justiça e de maior solidariedade entre as pessoas que trabalham e vivem nas empresas.

                O livro apresenta com bastante propriedade quais as características que um verdadeiro empreendedor corporativo possui. Empreendedores muitas vezes são vistos como loucos, como pessoas que perseguem sonhos impossíveis, mas que a história comprova que foram esses homens que fizeram a humanidade evoluir e crescer. Empurraram a humanidade para frente porque acreditavam que podiam. (Veja o vídeo “Pense Diferente” clicando aqui)

                Empreendedores internos são “Agitadores”, “Subversivos”, gente inquieta e permanentemente insatisfeita, pois jamais se contentam em obedecer ordens sem primeiro entender o “porquê”, oferecem sugestões e melhorias mesmo quando não solicitadas, adoram desafios e são profundamente comprometidos com a inovação.

                O livro aborda com muito qualidade as razões por trás das dificuldades que muitas empresas têm para identificar esses empreendedores procurando explicações nos modelos de gestão arcaicos existentes nas empresas que privelegiam a repetição e que inibem o surgimento da criatividade, tão importante para implantar uma cultura inovadora dentro da empresa.

               Além disso, faz um apelo para que sejam revistos os modelos de gestão baseados em grandes quantidade de níveis hierárquicos calcados em forte hierarquia que prioriza o controle “policial” das pessoas com o objetivo de manter o seu poder e o status quo beneficiando os escalões superiores.

               Além de apresentar todo esse conteúdo, a segunda e a terceira parte apresentam as visões de outros profissionais sobre o tema e o perfil de quatro exemplos de empreendedores corporativos, respectivamente.

                  É um livro de excelente qualidade sobre o tema e que faz você pensar que é possível criar um ambiente favorável ao surgimento dos empreendedores corporativos dentro das empresas.

Um abraço.

 P.S : Leia o resumo de outros livros que recomendo nesse link.

Leia também outros posts relacionados ao assunto :

– Google – Modelo de inovação na Gestão – > Clique aqui;

– Mudança de época requer mudança de pensamento – > Clique aqui;

– Inovação – O poder da colaboração – > Clique aqui;

– Nova economia exige um novo perfil de profissional – > Clique aqui;

– Modelos de gestão – necessidade de evolução – > Clique aqui;

Livro : O futuro da administração – >   Clique aqui;

Livro : Intraempreendedorismo na Prática – > Clique aqui ;

Empreendedor corporativo – > Clique aqui;

Empreendedorismo corporativo e o gerente de projetos – > Clique aqui;

Empreendedorismo, inovação e projetos – > Clique aqui;

Transformação da empresa deve vir de cima ou de baixo : Clique aqui;

Importância das pessoas para inovação nas empresas : Clique aqui

Miopia Gerencial : Clique aqui;

Como transformar sua empresa em uma empresa adaptável aos novos tempos : Clique aqui;

A sua empresa é do século XXI : Clique aqui

Posted in Ética, Colaboração, competição, Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Gestão de pessoas, Gestão do Conhecimento, Inovação, liderança, Livros recomendados, Nova Economia, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 7 Comments »

O que é liderar?

Posted by marcelao em maio 11, 2008


Pessoal,

              o assunto liderança é um dos assuntos mais discutidos no meio empresarial em virtude dos tempos atuais de mudança frequente (leia mais aqui). Nesse post, vou colocar a minha opinião quanto ao que é liderar e no final vou colocar um questionamento para ser debatido nos comentários.

              Liderar para mim é fazer o que é certo e não o que é conveniente. Liderar é agir com ética (leia mais aqui), ou seja, pensar no coletivo, dando exemplo de conduta e atitude.
 

             Liderar é trabalhar pelo desenvolvimento das pessoas como funcionários da empresa e como cidadãos. É construir uma comunidade de pessoas através de valores compartilhados (leia mais aqui). É criar um espirito de equipe onde cada um cobre as fraquezas do outro.

             Liderar é alinhar objetivos pessoais com os objetivos empresariais. É criar uma visão, um sonho, e fazer com que as pessoas sigam esse sonho.

            Liderar é comunicar com palavras e, principalmente, COM AÇÕES.

            Liderar é ser agente de transformação. É estar sempre pronto para as mudanças através da avaliação do ambiente e isso requer PLANEJAMENTO (Leia mais aqui).

            Liderar é não esperar pelas mudanças, mas sim criá-las. É Apresentar as mudanças através dos benefícios e das oportunidades.

            Liderar é agir com transparência mesmo que a verdade a ser dita seja dolorosa.

            Liderar é ouvir sem PRÉconceitos o que as pessoas tem a dizer. É ter auto-confiança e não ser e nem parecer arrogante ( Leia mais aqui).

           Liderar é aprender, reaprender e voltar a aprender(Leia mais aqui).

           Liderar é não se acomodar. É buscar sempre o novo. É encarar os desafios não como obstáculos, mas sim como oportunidades de aprendizado.


          Liderar é ter humildade para reconhecer que você não tem todas as respostas, mas sabe encontrar as perguntas certas e se apoiar nas pessoas que tem as respostas, independente do cargo que elas ocupam.

          Liderar é encarar o fracasso não como uma derrota, mas sim como um adiamento da vitória.

          Liderar é saber que a direção é mais importante que a velocidade.

          Liderar é ensinar o que sabe, praticar o que ensina e perguntar o que se ignora.

————————————————————————————-

 
          Diante disso, como a sua empresa trata a liderança? Existe espaço para as pessoas exporem suas idéias? Existe muita diferença entre o discurso e a prática?

Um abraço.

 

Leia também :

Estilos de liderança – Existe o ideal? – > Clique aqui para ler;

Liderança do futuro – Lider 2.0 – > Clique aqui para ler;

A importância das pessoas para a inovação – > Clique aqui para ler;

Competências dos lideres do futuro – > Clique aqui para ler;

Competências dos lideres do futuro II – > Clique aqui para ler;

A sua empresa é do século XXI? – > Clique aqui para ler;

Medo – barreira para inovação – > Clique aqui para ler;

Posted in Ética, Colaboração, Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Gestão de pessoas, Gestão do Conhecimento, Inovação, liderança, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 14 Comments »

 
%d blogueiros gostam disto: