Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

Posts Tagged ‘economia criativa’

Gary Hamel e O Que Importa Agora

Posted by marcelao em outubro 16, 2012


Pessoal,

com o advento da Internet, aconteceram mudanças radicais em vários campos do conhecimento como economia, politica, administração, … Desse modo, o que antes era verdade no século passado não vale mais para o século XXI. O modelo mental mais apropriado para os tempos de mudanças que vivemos é semelhante ao modelo da Internet onde clientes determinam o funcionamento da economia, ideias não seguem patentes, a capacidade conta mais do que cargos e credenciais, o comprometimento é voluntário, quase tudo é descentralizado e onde as decisões são tomadas entre os usuários.

Nesse sentido, recomendo a você o vídeo abaixo com a palestra do professor Gary Hamel sobre o que importa realmente agora em tempos de mudança de época:

Um abraço.

“I believe in change”

Twitter: @blogdomarcelao

Posted in Colaboração, Gestão 2.0, Gestão de pessoas, Gestão do Conhecimento, Inovação, liderança, Nova Economia | Etiquetado: , , , , , , , | 1 Comment »

Forum HSM Novas Fronteiras: O Fator Automação

Posted by marcelao em setembro 5, 2012


Pessoal,

uma dos aspectos que ficou bastante evidente no Forum HSM Novas Fronteiras da Gestão é que a tecnologia e a ciência estão avançando cada vez mais rápido e rompendo até mesmo com os limites da física de tempo, espaço e massa. O Vídeo abaixo mostra um protótipo de robô carregando 120 kilos, mas que consegue se adaptar rapidamente a qualquer tipo de terreno e continua progredindo:

O segundo vídeo mostra os robôs adotados pela Amazon, conhecidos como Kiva, que organizem o estoque da Amazon segundo a demanda pelos produtos, ou seja, os produtos menos demandados são colocados mais para o fundo da loja, enquanto que os mais demandados ficam mais próximo do setor de empacotamento para agilizar o processo de envio de pedidos:

O que podemos enxergar como tendência é que tudo aquilo que for possível de ser executado por um computador, será executado por um computador. E mais do que substituir pessoas, a tecnologia e a ciência diminuindo cadeias de fornecimento e processo.

Quando comecei a trabalhar com tecnologia, havia um setor responsável pelo digitação dos dados dos documentos, esses dados eram empacotados em arquivos e transmitidos para a central de processamento, após processados eram gerados relatórios para conferir se os dados foram digitados corretamente. Hoje em dia, não existe mais esses 3 passos: Digitar, empacotar e conferir. A grande maioria das transações financeiras é realizada de forma totalmente digital. Cheques, depósitos em papel, ordens de pagamento viraram pó na cadeia bancária. Isso sem falar em outros processos como armazenamento dos documentos, encaminhamento para incineração e outros processos mais.

Diante desse avanço, seremos exigidos a desenvolver novas habilidades e competências que o computador não poderá reproduzir. Aliás, a automação é uma das 3 forças sociais e economicas apontadas por Daniel Pink, em seu livro “O Cérebro do Futuro”, que nos obrigam a desenvolver habilidades mais ligadas ao lado direito do cerébro.

No meu post anterior, eu mencionei as habilidades a serem desenvolvidas pelas pessoas no século XXI(clique aqui para ler), mas vale também resgatar os seis aptidões, simbolizadas por seis sentidos, apontados por Daniel Pink: Leia o resto deste post »

Posted in Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Inovação, liderança, Nova Economia | Etiquetado: , , , , , , , , | Leave a Comment »

Fórum HSM Novas Fronteiras: Ovelhas Negras

Posted by marcelao em agosto 29, 2012


Pessoal,

durante sua palestra no Fórum HSM – Novas Fronteiras da Gestão, Walter Longo alertou para o fato de é preciso dar voz e ouvir mais os rebeldes existentes dentro das empresas, pois toda empresa precisa de rebeldes, de gente que pergunte “Por quê não?”. Ressaltou porém que uma empresa deve buscar o equilibrio entre acomodados e rebeldes, pois uma organização de acomodados quebra em três anos, enquanto que uma só de rebeldes quebra em três meses. O problema atual nas empresas é que os acomodados estão se dando muito bem nas empresas. Segundo Walter, uma empresa que não tem a capacidade de nutrir seus rebeldes, tem o seu futuro não assegurado em um mundo em que a imaginação não tem limites.

Ser um rebelde dentro de uma empresa requer muitas vezes nadar contra a maré, enxergar o que a grande maioria não consegue enxergar, ir além do que a verdade do momento nos diz. O problema é que nem todos vão ficar felizes com esse tipo de mente aventureira. A maioria das pessoas dentro das empresas  está satisfeita com as ideias que servem bem a elas e à sua cultura, e com a visão a que se acostumaram sobre o que é ou não verdade. Elas não se animam com a perspectiva de sair de sua zona de conforto. Leia o resto deste post »

Posted in Empreendedorismo, Gestão 2.0, Inovação, liderança, Nova Economia | Etiquetado: , , , , , , | Leave a Comment »

O Futuro Pertence aos Curiosos, …

Posted by marcelao em julho 2, 2012


… afinal de contas, são as perguntas que movem o mundo para frente, não as respostas.

Um abraço.

“I believe in change”

Twitter: @blogdomarcelao

Posted in Empreendedorismo, Inovação, Nova Economia | Etiquetado: , , , , , , , , | 2 Comments »

Documentário: Design Thinking

Posted by marcelao em maio 23, 2012


Pessoal,

segue abaixo vídeo contendo um trailer do documentário sobre Design Thinking:

Um abraço.

Twitter: @blogdomarcelao

“I believe in change”

Posted in Empreendedorismo, Inovação, Nova Economia | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

Think Different – Tributo a Steve Jobs

Posted by marcelao em outubro 6, 2011


Pessoal,

segue vídeo abaixo com o famoso comercial da Apple “Think Differente – The Crazy Ones” utilizando somente imagens de Steve Jobs:

Abaixo segue o comercial original:

Um abraço.

“Maybe I’m a dreamer, but i still believe”

Twitter: @blogdomarcelao

Posted in Empreendedorismo, Inovação, liderança, Nova Economia | Etiquetado: , , , , , , | 1 Comment »

RIP Steve Jobs

Posted by marcelao em outubro 6, 2011


Pessoal,

o mundo perdeu um visionário. Sem mais palavras, assista ao vídeo abaixo:

Isso sim é entender a revolução do consumidor. Isso sim é entender a importância do Design no século atual.

Um abraço.

“Maybe I’m a dreamer, but i still believe”

Twitter: @blogdomarcelao

Posted in Empreendedorismo, Inovação, liderança, O Aprendiz com Roberto Justus | Etiquetado: , , , , , , | Leave a Comment »

Gestão 2.0: Quanto vale um parafuso?

Posted by marcelao em fevereiro 27, 2011


Pessoal,

certo dia eu ouvi um conto que achei muito interessante, mas que ilustra bem algumas questões debatidas aqui nesse blog.

O conto era sobre uma empresa que enfrentava um problema com seu servidor de Internet que apresentava quedas constantes prejudicando a realização de negócios da empresa. Diante de tal problema, o diretor-presidente da empresa solicitou a presença de um técnico da empresa fornecedora do servidor para que o problema fosse solucionado.

O técnico da empresa chegou e foi direto analisar o que estava acontecendo com o servidor. Abriu a máquina, analisou, fez alguns testes e calculos e chegou a uma conclusão. Ele então trocou um parafuso e o servidor passou a funcionar com 100% da performance que se esperava dele.

Feito o trabalho, ele apresentou a fatura: R$1.000.000,00. O Supervisor da área de produção recebeu a fatura e encaminhou para o diretor-presidente que havia solicitado o serviço. Assim que o diretor-presidente percebeu o valor cobrado, ficou indignado por e exigiu que o técnico discriminasse todos os custos envolvidos, pois ele iria contestar. Leia o resto deste post »

Posted in Gestão 2.0, Gestão do Conhecimento, Inovação, Nova Economia | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

Confiança: Quanto mais poder no topo, Menos Autonomia nas Pontas

Posted by marcelao em fevereiro 15, 2011


Pessoal,

tempos atrás, eu escrevi um post com 10 tendências a serem monitoradas por todo estrategista. Entre elas estava o fato que a confiança nas empresas estava decaindo e que inclusive apresentava uma pesquisa do MIT que apontava que 62% das pessoas pesquisadas em 20 países não confiavam nas empresas. Falta de confiança essa que aumentou mais ainda depois de escandâlos recentes como a quebra da Enron e a crise financeira de 2009, envolvendo bancos como Lehman Brothers, que foi resultado do excessivo  foco no atendimento das expectativas do acionista em detrimento do poder de mobilizar plenamente a energia humana, ou seja, as práticas de gestão empresarial não estavam voltadas a metas mais nobres, socialmente relevantes.

Essa perda de confiança ela não aconteceu de uma hora para outra, trata-se de um movimento silencioso que vem ocorrendo ao longo de muitos anos e de dificil percepção, mas que podem tornar-se supreendentes principalmente para aqueles que não estão prestando atenção. Anos de falta de confiança nos funcionários da sua empresa podem estourar como um verdadeiro terremoto, mas, por mais paradoxal que seja, de forma silenciosa através da falta de comprometimento e de engajamento das pessoas com a missão da empresa e seu papel dentro da sociedade.

A alta concentração de poder no topo da administração das empresas, e a consequente falta de autonomia dos funcionários que estão mais em contato com os clientes, pode ser um dos grandes entraves para o crescimento e a perenidade das empresas na nova economia, a economia da criatividade e do conhecimento. Afinal de contas, o nível de confiança da topo da administração das empresas é medido pelo nível de autonomia concedido aos funcionários que estão em contato direto com os clientes, ou seja, quanto mais concentrado o poder no topo, menor é o nível de autonomia na ponta das empresas e para aqueles que estão em contato direto com a razão de ser de qualquer organização que é o cliente. Leia o resto deste post »

Posted in Gestão 2.0, Inovação, liderança, Nova Economia | Etiquetado: , , , , , , , , | Leave a Comment »

 
%d blogueiros gostam disto: