Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

Archive for the ‘Gestão 2.0’ Category

MiniMáxima da Semana

Posted by Marcelão em agosto 27, 2018


“Pensar Grande, Começar Pequeno e Evoluir Rápido” Toslstoi

Anúncios

Posted in Colaboração, criatividade, Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Inovação, liderança, Nova Economia, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

Vídeo: Integrando Gestão e Design

Posted by Marcelão em agosto 1, 2018


PessoALL,

segue vídeo contendo uma aula do MIT sobre como integrar o processo de gestão e desenvolvimento de produtos e serviços com o Design Thinking

Posted in Colaboração, competição, criatividade, Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de pessoas, Gestão do Conhecimento, Inovação, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

MiniMáxima da Semana

Posted by Marcelão em julho 30, 2018


“Aprendi que coragem não é a ausência de medo, mas o triunfo sobre isso. O Homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas aquele que domina esse medo” Nelson Mandela

Posted in criatividade, Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de pessoas, Inovação, liderança, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , , , , , , , | Leave a Comment »

Aprendendo a Aprender

Posted by Marcelão em julho 18, 2018


PessoALL,

é de conhecimento da grande maioria dos profissionais que vivemos uma época em que a única certeza é a mudança constante. Eu diria até que é mais que isso, não é uma época de mudança, mas sim uma mudança de época, e acrescentaria que é uma mudança veloz de época.

Nesse sentido, os profissionais que quiserem manter-se alinhados e conectados com essa mudança veloz de época precisam a desenvolver a habilidade de aprender, mais do que isso, precisam aprender a aprender e a desaprender.

Baseado nesse conceito, a Harvard Business Review publicou um artigo muito interessante sobre como criar uma cultura de aprendizagem nas equipes. São quatro recomendações baseadas em ciência para ajudar os líderes das empresas na criação dessa cultura com seus times. Vamos a elas com meus comentários:

Recompense o aprendizado contínuo – É impossível desencadear mudanças deliberadas na cultura de sua equipe ou organização, a menos que você realmente implemente sistemas formais de recompensa para atraí-los – e mesmo assim não há garantia de que você conseguirá mudanças a menos que as recompensas sejam efetivas. Infelizmente, mesmo quando os gerentes entendem a importância de aprender – pelo menos em teoria – eles estão mais interessados ​​em impulsionar resultados e desempenho de curto prazo, que podem ser inimigos da aprendizagem.  Da mesma forma, é difícil para os funcionários encontrar tempo e espaço necessários para aprender quando são solicitados a maximizar os resultados, a eficiência e a produtividade. Note que a curiosidade recompensadora não é apenas elogiar e promover aqueles que demonstram um esforço para aprender e desenvolver; é também sobre a criação de um clima que estimula o pensamento crítico, no qual a autoridade e o discurso desafiadores são encorajados, mesmo que isso signifique criar discórdia. Isso é particularmente importante se você quiser que sua equipe produza algo inovador, pois o pensamento critico e o conflito são faíscas da inovação. Vale aqui citar a boa prática do Google, que estimula seus funcionários a dedicar 20% do seu tempo para projetos pessoais. Ao estimular esse tipo de atitude, o Google consegue gerar respostas novas para perguntas velhas ou perguntas novas que ainda não foram feitas. Lembrando que resposta é manutenção e pergunta é inovação; Continue lendo »

Posted in Colaboração, criatividade, Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Gestão de pessoas, Gestão do Conhecimento, Inovação, liderança, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , , , , , | Leave a Comment »

MiniMáxima da Semana

Posted by Marcelão em julho 16, 2018


“Ao duvidar, nós duvidamos, e ao investigar, descobrimos novas ideias. Duvide de tudo e de todos o tempo todo – especialmente de você mesmo” Rod Judkins – do livro “A Arte da Criatividade”

Posted in criatividade, Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Gestão do Conhecimento, Inovação, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

MiniMáxima da Semana

Posted by Marcelão em julho 9, 2018


“Intuição é o sussuro da alma” Kiddu Krishnamurti – Filósofo Indiano

Posted in criatividade, Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de pessoas, Gestão do Conhecimento, Inovação, liderança, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , | Leave a Comment »

Reflexão: MiniMáxima da Semana

Posted by Marcelão em julho 3, 2018


"Nesse mundo novo, não é o peixe grande que come o peixe pequeno. É o peixe rápido que come o peixe lento" Klaus Schwab – Presidente e Fundador do Fórum Econômico Mundial

Posted in criatividade, Empreendedorismo, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Inovação, liderança, Planejamento Estratégico, Uncategorized | Etiquetado: , , , , | 1 Comment »

A Lacuna entre planejamento e execução

Posted by Marcelão em julho 2, 2018


PessoALL,

uma das maiores questões no campo da gestão, na minha opinião, está na dificuldade cada vez maior em conseguir realizar o que está previsto no planejamento estratégico das empresas. Nesse sentido, entendo que devemos cada vez mais diminuir a discussão em cima de planejamento estratégico e passar a discutir e debater mais sobre gestão estratégica, que envolveria não só o planejamento, mas também a execução estratégica.

Nesse sentido, uma das grandes iniciativas que surgiram foi a criação da Brightline que é uma coalizão de organizações globais líderes dos setores empresarial, governamental e sem fins lucrativos, incluindo o Boston Consulting Group (BCG), o Project Management Institute (PMI) e a Agile Alliance. Conheci a Brightline através do colega da area de gestão de projetos Ricardo Viana Vargas que é uma das grandes e maiores referências nessa área.

A missão da Brightline é fornecer uma plataforma de conhecimento e networking que forneça insights e soluções para superar com sucesso a lacuna entre o desenvolvimento da estratégia e a implementação da estratégia.

Nesse sentido, uma das iniciativas que a Brightline realizou foi a publicação de uma série de vídeos no Youtube que apresenta um guia de princípios para ajudar os lideres a resolver a questão do GAP entre o planejamento e a execução estratégica.

Esses vídeos foram desenvolvidos em parceria com a TED, organização sem fins lucrativos dedicada ao lema “Ideias que merecem ser compartilhadas”, já conhecida aqui pelos leitores desse blog.

Segue abaixo o vídeo do primeiro principio que trata de reconhecer que a entrega da estratégia é tão importante quanto o desenvolvimento da estratégia.

Para conhecer os princípios já publicados e acompanhar novas publicações, assine o canal em https://www.youtube.com/playlist?list=PLZoCxV45n5rO5e1VBCxRn8iMEo63ojlzs

Um abraço.

Keep the Faith.

Posted in Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Gestão de Projetos, liderança, Planejamento Estratégico, Uncategorized | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

Alemanha: o “Fracasso” do Planejamento

Posted by Marcelão em junho 28, 2018


child-pretending-to-be-soccer-player-success-winner-concept-68678128

PessoALL,

depois do resultado do jogo da Alemanha contra a Coréia do Sul na Copa da Rússia, muitas pessoas começaram a questionar todos os elogios que foram feitas a seleção alemã quando da realização da copa do mundo de 2014 no Brasil, copa essa que a Alemanha venceu.

Na época da copa de 2014, veio a tona várias informações sobre como foi o planejamento da seleção alemã para a Copa como, por exemplo, a escolha pela Bahia como local-sede para inicio da preparação, a construção do centro de preparação, até mesmo a utilização de Big Data para levantamento e analise de dados sobre possíveis adversários.

Veio a copa da Rússia e a seleção alemã é eliminada logo na primeira fase e todos os elogios feitos ao planejamento feito em 2014 estão sendo questionados por uma  boa parte do público. Continue lendo »

Posted in Gestão 2.0, Gestão de Projetos, Uncategorized | Etiquetado: , , , , | 1 Comment »

Inovação é Coletiva, não solitária

Posted by Marcelão em março 22, 2018


PessoALL,

sempre acreditei que a inovação é muito mais um processo coletivo e essencialmente colaborativo do que um trabalho solitário, e que ela floresce com maior frequência onde a diversidade é um valor e que o conflito é a faísca necessária para esse processo.

Nesse TED, a etnógrafa Linda Hill discursa sobre como deveria ser um modelo ou pensamento de gestão que facilite o processo coletivo de inovação e estabelece a diferença entre liderança e liderança para inovação.

Importante prestar atenção aos três pilares essenciais para desenvolver organizações inovadoras: abrasão criativa, agilidade criativa e resolução criativa.

Keep the Faith

Posted in criatividade, Gestão 2.0, Gestão de mudanças, Gestão de pessoas, Gestão do Conhecimento, Inovação, liderança, Uncategorized | Etiquetado: , , , , , , | Leave a Comment »

 
%d blogueiros gostam disto: