Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

Inovação – O poder da colaboração

Posted by marcelao em junho 15, 2008


Pessoal,

              nos últimos meses, tenho reparado que muitas revistas ligadas ao mundo corporativo tem apresentado algumas reportagens considerando a capacidade de colaboração como um dos fatores mais criticos na busca da inovação, principalmente em reportagens ligadas ao Google e ao site Innocentive.

              O Google todo mundo conhece, mas o Innocentive é um portal independente que reune mais de 30 grandes empresas americanas(Boeing, Procter&Gamble, IBM, …)  e um grupo de 1400 pesquisadores em 175 países. Nesse portal, as empresas lançam desafios que elas não conseguiram resolver internamente e recompensam em dinheiro as pessoas que apresentarem as soluções. É o conceito de Inovação aberta utilizando as redes sociais onde você busca o conhecimento onde ele estiver, independente se ele está dentro ou fora da sua empresa.

               Vamos a relação das publicações que abordaram esses dois exemplos de colaboração :

               Google :

                           – Revista Exame – > Edição 915 de 09/04/2008;

                           – Revista Harward Business Review – > Edição de abril/2008;

                           – Revista Hsm Management – > Edição de maio/junho de 2008;

               InnoCentive :

                            – Revista Exame : Edição 920 de 18/06/2008;

                            – Revista Business Week de Junho/2008;

                            – HSM Management de set/outubro de 2002;

               Na literatura, relacionado ao Google tivemos o livro “O Futuro da Administração” de Gary Hammel(leia o resumo do livro clicando aqui) e ao InnoCentive tivemos o livro “Wikinomics” de Don Tapscott (Leia o resumo do livro clicando aqui).

               Esses dois exemplos evidenciam cada vez mais a necessidade de mudança dos modelos de gestão das empresas se quiserem sobreviver no século XXI, era da revolução do conhecimento. Os modelos de gestão atuais das empresas ainda estão na era da revolução industrial em que a criatividade e o poder da inovação ficavam restritos aos altos escalões da empresa e mantidas a sete chaves como segredos industriais.

                  Ocorre que vivemos em uma nova era na qual as pessoas participam da economia como nunca antes devido as profundas mudanças na demografia, nos negócios, no mundo e, principalmente, na tecnologia que permite que as pessoas se conectam cada vez mais livremente em redes de colaboração para produzir bens e serviços de uma maneira muito tangível contínua, uma vez que uma quantidade excessiva de pessoas era excluída da circulação de conhecimento, poder e capital e, portanto, participava das margens da economia.

 

               No slide acima, disponibilizado no site do Clemente Nóbrega (www.clementenobrega.com.br), vocês podem perceber que os ciclos da economia(crescimento, recessão, depressão e retomada) estão cada vez mais menores. Diante desses ciclos cada vez menores, as empresas são forçadas a diminuir cada vez mais os ciclos de inovação, mas encontram-se diante do dilema da inovação que é a questão do risco de se inovar, pois a inovação depende muito da aceitação dos clientes, uma vez que os produtores inovadores precisarão também de clientes inovadores.

               Esse risco pode ser mitigado de duas formas :

               – Inovando com seus clientes : Criando redes de colaboração com seus clientes e tornando-os cada vez mais produtores do produtos e serviços que eles mesmos consumirão mais tarde, ou seja, criando uma comunidade de prosumers. Milhões de pessoas já unem forças em colaborações auto-organizadas que produzem novos bens e serviços dinâmicos;

               – Inovando com seus fornecedores : Um dos benefícios de inovar com fornecedores é que você compartilha os riscos e os custos do processo como um todo;

               Empresas como o Google e o InnoCentive são modelos de empresas já ambientadas na era conhecimento e na era da Internet. Nesse sentido, a Internet é a ferramenta ideal para disseminar esses modelos de gestão baseados em colaboração para outras empresas visando a colaboração massiva entre empresas, funcionários, clientes e fornecedores. Essa colaboração em massa traz muitas oportunidades de negócios para as empresas através de redes sociais como o Orkut e os blogs. Os blog representam cada vez mais o “Poder do nós”, cujas informações podem se disseminar com grandes rapidez e ferir companhias, mas que também podem ser encarados como oportunidades de um relacionamento mais próximos com funcionários e clientes.

               A Internet tem essa capacidade suprema de formar grupos. Diante disso, os modelos de gestão do século XXI devem se aproximar cada vez mais do modelo da Internet onde todos têm o direito de opinar, as idéias concorrem em pé de igualdade, a capacidade conta mais que cargos e credenciais, o acesso a informação é livre e as decisões são tomadas entre os usuários. 

Um abraço.

Leia também os seguintes posts :

Livro : Wikinomics – > Clique aqui para ler;

Livro : O futuro da Administração – > Clique aqui para ler;

Inovação é só em produto> – > Clique aqui para ler;

Como transformar sua empresa em uma empresa do século XXI – > Clique aqui para ler;

A sua empresa é do século XXI? – > Clique aqui para ler;

Transferência de poder e nova postura do profissional – > Clique aqui para ler;

Quanto vale uma empresa da nova economia – > Clique aqui para ler;

Época de mudança ou mudança de época – > Clique aqui para ler;

Anúncios

30 Respostas to “Inovação – O poder da colaboração”

  1. montmello said

    Marcelão, faço coro contigo. Em um cenário de competição cada vez mais acirrada como o que enfrentamos hoje, as empresas têm que utilizar todas as possíveis fontes de inovação. Como afirma Don Tapscott no livro Wikinomics “o mundo é o seu departamento de P & D”. Porém, para que as empresas possam passar a usufruir das ideágoras preconizadas pelo autor, é preciso promover uma ruptura na mentalidade hierárquica e retrógrada que ainda resiste no seio das organizações, colocando em seu lugar um nova administração, ou a Gerencia 2.0, como você chama em suas palestras. Uma administração que se preocupe mais em conectar pessoas e menos em controlá-las, mais em promover a confiança que gera a troca e colaboração e menos em criar processos burocráticos e sem resultado.

    Marcelão, novamente deixo aqui meus parabéns a você. George von Krogh (e amigos) cunharam um termo que acredito se adequa muito bem a você: “Ativista do Conhecimento”. Trata-te do profissional que utiliza suas competências para mobilizar as pessoas para a criação e compartilhamento de conhecimentos úteis às suas organizações e, por que não, à humanidade como um todo.

    Abraço,

    Marcelo Mello

  2. marcelao said

    Poxa,

    xará. Assim eu vou acreditar no que você escreveu.

    Um abraço.

  3. […] – Inovação – O poder da colaboração – > Clique aqui; […]

  4. […] Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler; […]

  5. […] com Vicen… em Importância do planejamento e…Entrevista com Vicen… em Inovação – O poder da c…Entrevista com Vicen… em Processo Decisóriomarcelao em Tendências da tecnologia […]

  6. […] Google – Modelo de Inovação na Gestão – > Clique aqui para ler;Clique aqui para ler; […]

  7. […] Inovação – o poder da colaboraçãoo – > Clique aqui para ler; […]

  8. […] Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler; […]

  9. […] do aprendizado contínuo – > Clique aqui para ler; Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler Sua empresa é Flexível? – > Clique aqui para […]

  10. […] Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler; […]

  11. […] Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  12. […] Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  13. […] de Blog – Super… em O que é liderar?Dica de Blog – Super… em Inovação – O poder da c…Big Bang – Colabora… em Forum Mundial de Estratégia […]

  14. […] “Nenhum de nós é tão inteligente quanto todos nós juntos.” Warren Bennis Autor Norte-Americano. (leia mais sobre isso aqui) […]

  15. […] Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  16. […] –  Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  17. […] –  Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  18. […] – Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  19. […] – Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  20. […] Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  21. […] – Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  22. […] – Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  23. […] – Inovação – O poder da colaboração – > Clique aqui para ler; […]

  24. […] – Inovação – O poder da colaboração – > Clique aqui para ler; […]

  25. […] – Inovação – O poder da colaboração – > Clique aqui para ler; […]

  26. […] Comentários Inovação na Gestã… em Inovação na Gestão : Gestã…Inovação na Gestã… em Inovação na Gestão : Quem f…Inovação na Gestã… em Inovação na Gestão : Começ…Inovação na Gestã… em Por quê precisamos de li…Inovação na Gestã… em Inovação – O poder da c… […]

  27. […] – Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  28. […] – Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  29. […] – Inovação – o poder da colaboração – > Clique aqui para ler […]

  30. Frases said

    […] “Nenhum de nós é tão inteligente quanto todos nós juntos.” Warren Bennis Autor Norte-Americano. (leia mais sobre isso aqui) […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: