Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

O Brasil já deu certo, apesar dos críticos

Posted by marcelao em março 6, 2012


Pessoal,

no último post que publiquei nesse espaço, eu deixei uma pergunta em aberto: “Será que, apesar dos céticos, o Brasil já deu certo?”. Pois esse post tem o objetivo de apresentar argumentos que mostram que o Brasil já está dando certo sim.

Hoje, por exemplo, a presidenta Dilma Rousseff participou da abertura da CeBit 2012 que é realizada na Alemanha. Este ano o Brasil é o país parceiro da feira internacional de TI e telecom, considerado um dos eventos mais importantes do setor em nível mundial. Foi uma oportunidade histórica para a TI brasileira consolidar a sua marca no exterior, acabando com a velha imagem de que somos o país do samba e do futebol. Somos benchmarking em vários campos de desenvolvimento da TI. Notadamente no campo da automação bancária com nosso sistema de pagamentos brasileiros que permite a compensação e a intermediação de valores entre bancos praticamente em real-time. Além disso, temos o exemplo também do nosso sistema automatizado de eleições.

No campo da economia, já somos a sexta maior economia do mundo e caminhando para ser a quinta. Mas se você não confia tanto em números, eu conto aquilo que vejo na minha frente como minha recente estadia na Disney em Orlando agora em janeiro. Uma quantidade de enorme de brasileiros visitando os parques da Disney e tirando fotos com a turma do Mickey. Sempre que eu parava em uma fila de espera ou uma ante-sala tinha um brasileiro do lado para conversar. Nos outlets estava dificil estacionar o carro para fazer compras de tanto brasileiro,

Para se ter idéia do tamanho disso, recentemente a comentarista política Lúcia Hipólito da Rádio CBN comentou sobre as questões referentes a entrada de brasileiros na Espanha e que a Espanha deveria seguir o exemplo do Obama que, eu estava lá no dia, foi ao Magic Kingdom e anunciou que estava tomando providências para facilitar a concessão de vistos para os brasileiros visitarem os Estados Unidos. A emissão de vistos para turistas do Brasil e da China levará em média 40% menos tempo até o fim deste ano, e apresentou medidas para facilitar o processo –entre elas a possibilidade de isenção de entrevista em alguns casos. A razão é muito simples, pois, enquanto o PIB dos demais estados norte-americanos apresenta resultado negativo, o PIB da Flórida é o único positivo devido a entrada de brasileiros para fazer turismo.

Convertendo isso em números, e ter uma idéia do que isso representa, no ano fiscal encerrado em outubro, foram concedidos 820 mil vistos a brasileiros, salto de 44% sobre 2010. A Associação de Viagem dos EUA estima que os atrasos no visto já custaram US$ 606 bilhões à economia americana e 467 mil empregos na última década. Turistas dos países que integram o grupo dos Brics –Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul– gastam uma média de US$ 6.000 por pessoa quando viajam aos EUA, segundo o site de notícias americano ABCNews.

Saindo do Turismo e partindo para questões de infra-estrutura, desde 2005 quando tenho que viajar de Brasília a Volta Redonda/Resende, eu faço o trecho Brasília-Catalão-Uberlândia-Campinas-Resende utilizando parte da BR-040, entrando em Cristalina para a BR-050, passando pelo triangulo mineiro, depois entrando na Via Anhanguera, Dom Pedro, Via Dutra. O Trecho da BR-040 era bastante esburacado e já foi todo recapeado. Na BR-050, chegando em Araguari, pouco antes de Uberlândia, havia um trecho completamente esburacado e hoje, além de ter sido totalmente reformado, teve boa parte de sua pista duplicada e continuam as obras de duplicação da pista. O trecho Araguari-Uberlândia-Uberaba foi totalmente duplicado.

No campo da politica tivemos importantes avanços como a Lei de Responsabilidade Fiscal e aprovação da Lei da Ficha Limpa, sendo essa última com forte apelo e acompanhamento popular o que mostra que os brasileiros tem consciência da importância da sua participação no processo político do país e o consequente reflexo positivo que isso traz para o crescimento do país.

Hoje mesmo saiu a capa da revista Exame que traz reportagem que o Brasil está prestes a receber em torno de 250 bilhões de dólares em investimento estrangeiro e com isso passará a ser o terceiro maior polo de investimento estrangeiro do mundo.

Além disso, o filho de uma colega minha no BB viajou para a Ucrânia junto com mais 8 colegas para um programa de formação de engenheiros espaciais patrocinado pelo governo federal.

Cientistas como o professor Miguel Nicollelis, que no passado tiveram que sair do Brasil para continuar suas pesquisas devido a falta de estrutura para continua-las, foram chamados de volta pelo governo federal com objetivo de desenvolverem suas pesquisas aqui no Brasil.

Esse não é mais um país que tinha que baixar a cabeça para qualquer gringo por se sentir menor que os demais. Está mais do que na hora de assumirmos nossa grandeza e não aceitar atitudes como a do Sr. Secretário Geral da FIFA, Jérome Valcke, ao se referir ao andamento dos procedimentos para realização da Copa do Mundo. Ele está correto em mostrar preocupação, mas a forma como se referiu ao nosso país foi extremamente condenável.

É claro que temos coisas ruins e horríveis e temos muito ainda a melhorar nos campos da saúde, educação e segurança pública, mas isso está longe de ser o cenário catastrófico pintado pelos críticos. Todo país e toda sociedade têm problemas, mas também não somos piores do que os outros em tudo ou quase tudo.

Portanto, fica a pergunta, será que está na hora de deixarmos para trás o que o dramaturgo Nelson Rodrigues chamava de “Complexo de Vira-lata” e acreditarmos mais em nosso país, investindo nele e incentivando o empreendedorismo?

Um abraço.

“I belive in change”

Twitter: @blogdomarcelao

4 Respostas to “O Brasil já deu certo, apesar dos críticos”

  1. leonardo said

    Muito oportuno. Chega de complexo de inferioridade ou negativismo que ainda dita a ordem em muitos setores .

  2. Antonio Coimbra said

    É esses números provam que o dólar tá barato. Essa foi a reclamação da Presidente. Explica o seguinte: Quando FHC passou o governo, exportava o país 60% de Manufaturados, e 40% de comodities. Agora exportamos apenas 33% de produtos industrializados e 66% de comodities. A isso dá-se o nome de desindustrialização. Seu ufanismo deve chegar ao fim com a queda dos preços das comodities. Vai notar que o alcool (etanol) como quis o PT, já baixou, pela queda do preço do açúcar. Vem mais notícia ruim por aí.

    • marcelao said

      Antonio,

      a primeira coisa que quero esclarecer é que esse não é um blog que discute politica. Em segundo lugar, não são apenas esses os sinais. Hoje mesmo saiu a capa da revista Exame que traz reportagem que o Brasil está prestes a receber em torno de 250 bilhões de dólares em investimento estrangeiro e com isso passará a ser o terceiro maior polo de investimento estrangeiro do mundo.

      Além disso, o filho de uma colega minha no BB viajou para a Ucrânia junto com mais 8 colegas para um programa de formação de engenheiros espaciais patrocinado pelo governo federal.

      Cientistas como o professor Miguel Nicollelis, que no passado tiveram que sair do Brasil para continuar suas pesquisas devido a falta de estrutura para continua-las, foram chamados de volta pelo governo federal com objetivo de desenvolverem suas pesquisas aqui no Brasil.

      Está bom ou mais?

      Marcelão

  3. Caro Marcelão, permita-me discordar de vc da vez. Reconheço que houve avanços significativos no país, mas penso que anda estamos muito longe de “dar certo” pelo simples motivo que nossa Gestão Pública ainda é regida pelo trágico binômio Corrupção & Incompetência. Nosso sistema público de saúde é uma vergonha e a Educação, que é de fato a alavanca para nos fazer dar certo continua sendo solenemente negligenciada. Desculpe meu amigo, não se trata de complexo de inferioridade, acredito que nosso país tem um potencial incrivelmente grande para se tornar uma mega potência mundial, mas, em que pese os avanços alcançados, ainda desperdiçamos a maior parte desse potencial com os vícios de uma classe política podre que governa uma população pouco politizada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: