Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

Ano Novo, Atitude Nova

Posted by marcelao em janeiro 4, 2011


Pessoal,

2010 já ficou para trás e 2011 está começando. Sempre que ocorre a virada de ano, as pessoas começam a planejar o que vão fazer de diferente no ano que se inicia. Muito importante nessa hora é você possuir um planejamento estratégico pessoal para saber definir que resultados diferentes você quer alcançar no ano que se inicia. Planejamento estratégico, na minha opinião, envolve 3 coisas: auto-conhecimento, mudança e atitude.

Auto-conhecimento porque você precisa se conhecer primeiro para reconhecer os seus pontos falhos e pontos fortes para combinar oportunidades de melhoria dos seus pontos fracos e oportunidades de crescimento com seus pontos fortes. Auto-conhecimento é importante para que você tenha cada vez mais auto-confiança, afinal de contas, não se deve confiar em quem não conhecemos.

Auto-conhecimento é importante para reconhecer vícios que você carrega a algum tempo e pensamentos/principios que já não valem mais. Eu, por exemplo, sempre estou começando regimes, mas nunca obtenho resultados diferentes. Começo, emagreço, engordo novamente e o ciclo está sempre se reiniciando. Dessa vez eu resolvi que deveria fazer totalmente diferente de outras vezes. A primeira coisa que fiz foi identificar o que deu certo no passado e enumerei todas elas como, por exemplo, mastigar mais vezes os alimentos, além de escovar os dentes usar também Plax para maior limpeza da boca, comer cinco refeições ao longo do dia, … Não introduzi todas essas práticas porque resolvi faze-las aos poucos para que se tornem atos realizados incoscientemente, de forma natural, e isso exige foco.

A mudança é importante para rever velhos hábitos e quando falamos em mudança é preciso lembrar que mudança é sinônimo de aprendizado. Para mudar, você precisa aprender, aprendendo você estará mudando. Mudar é um processo doloroso, pois envolve muitas vezes desaprender algo para aprender algo novo, pois, como já escrevi em outros posts, nosso cérebro, para nos preservar de ficarmos loucos com todas as informações existentes no mundo, acaba por criar certos padrões de comportamento que são automaticamente disparados quando entram em contato com determinadas situações. Mudar esses padrões é um processo doloroso, exige muita persistência e um questionamento constante.

Apenas para exemplificar, desde novembro do ano passado eu prometi ao meu filho que não tomaria mais nenhum tipo de refrigerante até que ele mesmo autorizasse. Desde lá, não tomei uma gota de refrigerante, mas muitas vezes aconteceu de institivamente eu pediu um refrigerante para tomar, mas, felizmente, lembrava da promessa para meu filho e voltava atrás no pedido. Isso acontece porque ligamos o sentido de satisfação e alivio ao refrigente e sempre que estamos precisando desse alívio, o cérebro funciona como um revolver onde a busca pelo alivio funciona como um gatilho que dispara o processo de pedido de um refrigerante.

Outra vantagem de você ter um plano estratégico pessoal é que você fica mais alerta as oportunidades para realiza-lo. Eu, por exemplo, não gosto muito de ir academias para fazer exercícios para ajudar no emagrecimento. Nesse caso, você deve ficar atento a oportunidades que conciliem prazer com perda de peso. Foi o que fiz quando comprei o Kinect, acessório para Xbox, que torna o seu corpo em um controle do video-game, ou seja, você precisa se movimentar se quiser jogar o video-game.

O mais importante de tudo em qualquer planejamento estratégico pessoal chama-se ATITUDE. De que adianta você ter planos e ações estabelecidas com todo cuidado se você não as executa? Planejamento e Intenção sem atitude é a mesma coisa que nada. É no fazer diferente que estará o diferencial dos resultados em relação ao ano anterior. Como dizia Einstein: “Não espere resultados diferentes se você tem as mesmas atitudes”

Procure rever suas atitudes e reflita sobre as consequências dela. Eu, como todo gordinho, nunca como apenas uma unidade de algo, é sempre em dobro. Para esse ano assumi uma resolução: No contexto que envolve saúde, comida e longevidade – 1 é melhor que 2. Quero dizer que tenho que procurar evitar comer 2 sanduíches, 2 salgados, e por ai vai, e passar a comer apenas uma unidade.

Outra atitude que passei a tomar em relação a saúde é procurar aplicar nesse campo os mesmos princípios que aplico quando falo de sustentabilidade e gestão, ou sejam ter uma visão de longo prazo. Isso irá refletir na minha forma fisica e passarei a ter mais energia para realizar outras ações, além de representar ganhos financeiros. Nesse caso, procure identificar os benefícios que você colherá em outras perspectivas estabelecendo relações de causa e efeito, como um mapa de balanced scorecard.

Para finalizar, procure estabelecer para o seu ano um tema. No meu caso, 2010 foi um ano de busca de simplificação e estabilidade, pois vinha de uma separação onde tive que montar uma vida nova, longe de meu filho, buscando lugar novo para morar, novos amigos, … Em um contexto como esse, eu segui um conselho de um amigo que disse que eu teria que simplificar minha vida. Eu morava em um apartamento de 3 quartos no Sudoeste em Brasília e inicialmente queria continuar morando em um apartamento de 3 quartos, mas isso envolveria eu me mudar para um bairro mais afastado do meu trabalho, para uma nova vizinhança onde eu teria que descobrir coisas simples como lavanderia, mercados, padarias. No final, segui o conselho desse meu amigo e fiquei em um apartamento menor de 2 quartos, mas no mesmo bairro onde conheço a localização de tudo o que preciso.

No campo profissional, antes da separação, tinha planos de expandir meu trabalho para além das fronteiras do meu emprego atual, mas suspendi os planos. Em 2011, já com a vida pessoal estabilizada e com a cabeça no lugar, vou retomar esses planos e buscar expandir meus trabalhos, mas sempre colocando a saúde em primeiro lugar e sempre com atitude, seguindo uma outra frase: “Suas atitudes falam tão alto que não consigo ouvir o que você fala”

FAZER É MAIS IMPORTANTE QUE FALAR.

Um abraço.

“Maybe I’m a dreamer, but i still believe”

twitter: @blogdomarcelao

4 Respostas to “Ano Novo, Atitude Nova”

  1. Thais Cássia Pinto said

    Marcelão,
    Feliz 2011!
    Parabéns pelo blog, eu acompanho sempre e espero que consiga atingir todos os seus objetivos nesse novo ano que se inicia!!
    Good luck!
    Abraços
    Thais

  2. Dá-lhe Marcelão,
    Excelente post, com um depoimento sincero bemo no seu estilo. É sempre muito bom ler um pouco palavras sinceras, tão raras nos dias atuais.

    Todo o sucesso para ti em 2011. E que mesmo em 2011, você continue 10, nota 10….rss

    Muia paz, saúde e felicidades.

    Power!

  3. jana said

    Bom ano para si também Marcelão!

    Gostei o teu depoimento do ano novo, uma vez que dá inspiração para quem deseja começar ” uma nova vida” é uma oportunidade de traçar novos projectos tendo em conta os anos passados.

    Desejo te muitas felicidades para este ano novo e continuação de bom trabalho
    bjs

  4. DºFeºrréra said

    Adoro seu blog. Amei seu depoimento do “ano novo atitude nova”.Essa energia do inicio do ano é tudo de bom.Ela sempre me impulsiona a planejar e a estabelecer novas metas, novos projetos. Mas sem atitude muitas vezes nao conseguimos cumpri-las. Eu tbem sempre estabeleço objetivos que chamo de espirituais, que vao me auxiliar no meu crescimento para me ajudar a ser um pessoa melhor. Por exemplo. Esse ano participar como voluntária de um projeto social.
    Tudo de bom em 2011, com muita saude,kilos a menos,paz, sucessos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: