Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

Gestão 2.0: Vida=Risco – Se você nunca falhou, você nunca viveu

Posted by marcelao em dezembro 9, 2010


Pessoal,

muito se fala em inovação, mas pouco se fala o que está envolvido em um processo de inovação. Sem risco e a possibilidade de falha, não pode haver inovação e sucesso. Risco faz parte de qualquer processo de inovação e se há risco, há erro. A diferença está no uso que fazemos do erro, se para a punição gerando o medo, ou como instrumento pedagógico gerando assim aprendizado.

O vídeo abaixo ilustra muito bem a diferença no uso do erro e do fracasso. Enjoy!!

As empresas mais inovadoras têm maior tolerância a erros e encorajam as pessoas a assumirem riscos. Ao invés de puni-los, elas aprendem como melhorar visando o futuro. Elas estabelecem um nível altíssimo de confiança para que seus times não tenham medo de pensar fora da caixa. Elas sabem que, para construir uma cultura de inovação, é preciso encorajar as pessoas a assumirem riscos.

Portanto, sem riscos não há erros, e sem riscos e erros não há inovação. A vida fica sem graça.

Um abraço.

“Keep the Faith”

Twitter: @blogdomarcelao

Anúncios

Uma resposta to “Gestão 2.0: Vida=Risco – Se você nunca falhou, você nunca viveu”

  1. Marcelão,
    na FSP/USP aprendi com o corpo de docentes do HSM (Depto de Saúde Materno-Infantil) que errar é humano. Mas repetir os erros, é altamente salutar e, absolutamente, científico.

    Erro + erro(n) = acerto

    Assim se dá o desenvolvimento.

    Outro excelente post.

    Muito bom, mesmo.

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: