Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

10 princípios para as empresas abraçarem as redes sociais

Posted by marcelao em abril 26, 2010


Pessoal,

meu colega Dedé do Banco do Brasil publicou em seu ótimo blog (Blog do Dedé – > acesse aqui) os dez princípios para as empresas abraçarem as redes sociais que reproduzo abaixo junto com o texto do post dele :

——————————————————————————————————————————————————————————————-

May the Force Be with You

Blogs e Mídias Sociais estão cada vez mais presentes no mundo dos negócios (com exceções nem tão honrosas), as empresas tentam definir políticas e estratégias empresarias para guiá-las nesse caminho novo.

Faz sentido ? Não. Não há um road map se não há uma estrada, e a estrada se faz ao caminhar. As respostas estão num caminho muito mais Zen do que qualquer consultoria poderia imaginar ?

Prasoon Joshi descreveu 10 princípios para as empresas abraçarem social networking e blogging, aqui humildemente adaptadas. Confira:

Nada prometas: Fazer o que você mais gosta de fazer é o canal. No final, seu trabalho lhe trará felicidade.

Nada ofereças: Não ofereça nada além do compartilhar. Existem muitos que devem estar interessados em seu produto, e irão apreciá-lo, sem que você se sinta pressionado a mostrar algo de valor para sua platéia.

Nada esperes: Não inicie em mídias sociais com expectativas em torno de resultados tangíveis. Em vez disso, tenha alguns objetivos qualitativos em mente, não quantitativos. Isso vai te possibilitar chegar mais perto do que buscas, ao invés de torcer seus princípios sendo guiado por números.

Nada necessites: Produza seu conteúdo. Esteja certo que seu trabalho não seja impedido a todo momento pelo zumbido em sua mente de que algo mais é necessário e tem que ser procurado.

Nada cries: O melhor jeito de enxergar a criatividade é deixar rolar e fazer o que pintar. Não fique sentado horas tentando “criar algo novo”, apenas deixe acontecer.

Nada superdimensiones: Deixe o hype em torno de seu produto ser criado por si mesmo. Não se gabe de cara para acabar com a cara enfiada na lama dos comentários negativos de seus visitantes.

Nada planejes: Ou melhor, planeje suas ações, mas não seus resultados. Manter-se agarrado a um plano, estando num meioambiente social dinâmico, pode te levar à rigidez e a fraturas inevitáveis.

Nada aprendas: Apenas deixe as coisas virem e te ensinarem por si próprias. Deixe a Força te guiar. Absorva tudo que surgir em seu caminho, mas não se esforce para racionalizar.

Nada sejas: É melhor ser você mesmo em qualquer rede social. As pessoas devem se conectar com você e não com alguma ilusão criada para atrai-las. Você pode até começar bem, posando de alguém com conhecimento superior ou com habilidades que você não tem, mas a longo prazo vai ser difícil sair dessa. O aprendizado é um caminho de mão dupla. Mostrar as fraquezas abre as portas da Sabedoria.

Nada mudes: Apenas diga a coisa certa na hora certa e uma mudança positiva virá por si mesma.

——————————————————————————————————————————————————————————————

Um abraço.

“Keep the Faith”

Twitter (@blogdomarcelao)

P.S : Pessoal, há tempos atrás, eu reproduzi aqui um texto do Luiz Edmundo sobre gestão de projetos com o título “O Gerente de projetos e o tomador de conta”(acesse aqui), mas não dei o devido destaque ao blog do autor, Luiz Edmundo. Portanto, caso queiram conhecer o blog do Luiz Edmundo, acessem clicando aqui.

Uma resposta to “10 princípios para as empresas abraçarem as redes sociais”

  1. […] 10 princípios para as empresas abraçarem as redes sociais por Blog do Marcelao […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: