Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

Esqueçam a Tecnologia

Posted by marcelao em março 17, 2010


Pessoal,

Hoje estou estreando mais um espaço para trocar idéias com as pessoas, escrever algumas coisas malucas e encontrar outros malucos que pensam como eu. A primeira vista, pode parecer estranho para vocês iniciar uma coluna na categoria Hi-Tech com o título “Esqueçam a tecnologia”, mas a intenção é essa mesma. Meu objetivo é discutir a tecnologia não como bits and bytes ou produtos tecnológicos de última geração, mas sim discutirmos sobre as transformações que ela nos proporciona e as oportunidades que ela nos oferece nos negócios, na nossa vida e na sociedade como um todo.

Mas por quê devemos esquecer a tecnologia? Ontem, eu estava assistindo a uma palestra no site do TED (www.ted.com) do fundador da revista Wired, Kevin Kelly, em que ele discutia tudo o que aconteceu nos últimos quinze anos. Proponho a você leitor que volte no tempo e pense junto comigo : será que nós imaginaríamos, a quinze anos atrás, que teríamos um mundo como ele é hoje? Será que nós pensaríamos em dispositivos móveis, tecnologia wireless (sem-fio), redes sociais como twitter e linkedin, wikipedia, internet banda larga, youtube? Será que nós teríamos conhecimento de casos da vida real como da estudante universitária Geisy Arruda e seu micro-vestido? Será que um menino de 15 anos conseguiria dar idéia de tema de samba-enredo para escola de samba ganhadora do carnaval carioca em 2010?

Pensem junto comigo : Será que é possível ter limites para a tecnologia? Eu diria que não há limites. Se não há limites, então temos que deixar de pensar na tecnologia como limitadora e expandir a nossa criatividade e o uso que podemos fazer dela.

Você pode discordar e dizer: “Tudo tem limite”. Eu diria que limite, pelo menos em termos de tecnologia, é apenas e meramente uma questão de tempo. Tomemos como exemplo o filme Avatar do diretor James Cameron, citado pela Adriana no blog da HSM. Ele esteve no TED e contou sua história sobre a visão que ele tinha para o filme que teve que esperar anos, até que a tecnologia para colocá-la na telona estivesse disponível. Nesse meio tempo, ele teve que ir explorando territórios novos, desenvolvendo tecnologias e ir aprendendo com o processo. As três lições aprendidas são : curiosidade é a coisa mais importante que temos, imaginação é uma força que pode manifestar uma realidade e o respeito do seu time é mais importante do que qualquer prêmio.

Você pode então dizer : “Isso só acontece no cinema, nos negócios é impossível, pois estamos muito ocupados”. Vejam o exemplo da Apple e o lançamento do Ipad. O Ipad não ficou pronto de uma hora para outra, ele é o resultado da evolução de uma plataforma de negócio que começou com o Ipod. Com o Ipod, passamos a escutar a música utilizando o toque para manusear o aparelho. A partir dele veio o Iphone com aplicativos para uso pessoal e que, por acaso, também funcionava como telefone. Só então é que passamos a ter o Ipad.

Vejamos o caso do auto-atendimento do Banco do Brasil. Há muito tempo que deixamos de estarmos disponíveis apenas no horário comercial e passamos a oferecer nossos serviços 24 horas por dia, passando a estar disponíveis ANYTIME (a qualquer tempo). Depois disso, passamos a oferecer nossos serviços em outros canais como o celular, ou seja, evoluímos nossa plataforma de atendimento para ANYWHERE (em qualquer lugar). O problema é que o celular, ou mesmo os smartphones, possuem limitações como a duração das baterias. O desafio agora é passar a estar disponível ANYTHING, ou seja, em qualquer coisa, em qualquer objeto passando a utilizar o conceito de “Internet das coisas” (assunto para um próximo post). Afinal de contas, tudo é programável, absolutamente tudo.

A verdade é que temos que entender que não existe sistema real perfeito e completo, ele deve sim estar sempre em evolução. O lema do Google “Always Beta” está presente mais do que nunca. É como disse o professor Silvio Meira, que esteve conosco na IV jornada de tecnologia : “Vivemos em um mundo em que as coisas não estão prontas, mas são funcionais”. A própria Web está passando por uma transformação contínua em que ela começou como um ambiente transacional(web 1.0), hoje é colaborativo (Web 2.0) e amanhã será de contribuição por todos nós (Web 3.0)

Então, aceitem meu conselho, esqueçam a tecnologia, ela não é o nosso limite, pois ela sempre nos trará soluções para nossas idéias. Tecnologia é uma forma de explorar possibilidades e oportunidades, afinal de contas, escolhas, possibilidades e liberdade é isso que ela nos traz. O que precisamos mesmo é melhorar nossa capacidade de acreditar no que é impossível, e quando criamos um novo cenário de oportunidades, estamos gerando plataformas para outras mais novas. Temos que lembrar sempre que inovação é pergunta e manutenção é resposta. Esse será o segredo do sucesso para as empresas que, realmente, desejam ser inovadoras.

Um abraço.

“Keep the Faith”

4 Respostas to “Esqueçam a Tecnologia”

  1. Solon C. de Araujo said

    Marcelão:

    Retornando a nossos debates. Em um trecho de seu excelente artigo, você pergunta: “será que é possível ter limites para a tecnologia?”. Ora, a tecnologia (ou as tecnologias, pois não é só a informática, mas a biotecnologia está indo ao inimaginável), é fruto da mente humana. Portanto, ampliando o escopo de sua pergunta, eu pergunto: “será que é possível ter limite para a mente humana?”

  2. Amigo Marcelo, concordo com você em todos os pontos, e para complementar esta idéia, lhe apresento um link bastante interessante sobre a visão da Microsoft sobre o futuro em 2019:

    http://vimeo.com/4501525

    Acredito que se encaixa perfeitamente na perspectiva do “Anything”, espero que os leitores apreciem e voltem a discutir mais sobre o assunto, pois tecnologia não é finita.

  3. […] Esqueçam a Tecnologia por Blog do Marcelao Facebook em Números por BizRevolution […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: