Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

A metáfora do futebol

Posted by marcelao em agosto 12, 2009


Blog do Marcelão

↑ Grab this Headline

São Paulo

Pessoal,

ontem assisti a uma palestra de um colega de banco muito interessante onde ele contou uma metáfora de oportunidade que a crise trouxe para as empresas brasileiras.

É o seguinte, imagine o cenário competitivo das empresas como sendo o ambiente dos clubes de futebol. Imaginem que as grandes empresas brasileiras fossem os grandes clubes brasileiros como o Flamengo, São Paulo, Palmeiras, Grêmio, etc. Esses clubes detém a maior parte dos títulos do campeonato brasileiro e, portanto, dominam e conhecem muito bem o ambiente competitivo do mercado nacional o que, de certa forma, acaba por espantar clubes de outros países que queiram tentar a sorte no nosso mercado.

Agora vamos imaginar que, antes da crise, alguém determine que o São Paulo, por ser o Hexacampeão, não vai mais disputar o campeonato brasileiro, porque já está tudo dominado e que, a partir de agora, ele deve competir na liga dos campeões da Europa e enfrentar clubes como Milan, Real Madrid, Barcelona, etc.

Você pode pensar que, como tudo na vida, tem o lado positivo e o lado negativo. O lado positivo é que o mercado europeu tem uma valorização muito maior que no mercado nacional, os prêmios são maiores, os patrocínios são em maior escala, a renda com direitos de televisão são milionárias. Por outro lado, as chances de sucesso, em um primeiro momento, seriam pequenas, pois haveria a dificuldade de adaptação, grandes investimentos e altos riscos, sem contar que um campeonato como a liga dos campeões é mais extenso e a chance de vence-lo é muito menor que disputar a final de clubes no Japão, onde a disputa na realidade é com apenas um time. Ou seja, o São Paulo lutaria para ser o primeiro dos últimos.

Ocorre que o cenário com a crise mudou. Os clubes europeus se enfraqueceram, as receitas dos clubes com a venda de camisas e ingressos para jogos diminuiram, os torcedores perderam poder aquisitivo e outra coisas mais. Com isso, clubes como Milan e Real Madrid perderam muito da sua força e o grande patrocinador do Manchester United (AIG) faliu. Ao mesmo tempo, as consequências da crise para o São Paulo foram muito menores comparadas as perdas que esses clubes europeus tiveram.

Resultado : A diferença de competitividade que era enorme antes da crise, diminuiu consideravelmente para o São Paulo. Agora, ele pode pensar em sonhar mais alto. Já dá para fazer um barulho legal na liga dos campeões e até sonhar com a possiblidade de título.

Agora, transporte essa metáfora para as empresas brasileiras e responda : Que hora melhor para expandir negócios para além das nossas fronteiras, não é?

Um abraço.

“Keep The Faith”

Bookmark and Share

Leia também os seguintes posts :

– A verdadeira mudança – > Clique aqui para ler;

– Vida digital em um planeta inteligente – > Clique aqui para ler;

– Paulo Freire e o líder como educador – > Clique aqui para ler;

– Identifique um agente da inovação e da mudança – > Clique aqui para ler;

– Estratégia : 10 tendências a monitorar – > Clique aqui para ler;

– A dor e o valor de fazer escolhas difíceis – > Clique aqui para ler;

– Gestão 2.0 : Por quê lideres criativos são tão raros? – > Clique aqui para ler;

– A diferença entre líderes e gerentes – > Clique aqui para ler;

– Palestra realizada na Tecnologia do BB – Inovação, empreendedorismo e projetos – > Clique aqui para ler;

– Importância da franqueza nas organizações – > Clique aqui para ler;

– Identifique os agentes da inovação e da mudança – > Clique aqui para ler;

– A gestão de projetos na nova economia – > Clique aqui para ler;

– Você já fez o velho – > Clique aqui para ler;

– Gestão por decreto = números torturados = comportamento não ético – > Clique aqui para ler;

– Gestão 2.0 : Jogue uma pizza -> Clique aqui para ler;

– Perguntar é a resposta para a inovação – > Clique aqui para ler;

– 10 razões porquê o CEO sabota a inovação – > Clique aqui para ler;

– O exemplo na prática – > Clique aqui para ler;

– “Voldemort” nas empresas – > Clique aqui para ler;

– O que precisa mudar – > Clique aqui para ler;

– O dilema da inovação na gestão – > Clique aqui para ler;

– Gestão 2.0 : Fortaleça os incomodados – > Clique aqui para ler;

– Palestra : Planejamento estratégico pessoal – > Clique aqui para ler;

– Enxergue de forma mais abrangente – > Clique aqui para ler;

– Por quê é tão dificil mudar? – > Clique aqui para ler;

– Não existe planejamento perfeito – > Clique aqui para ler;

– Autoconhecimento : O conhecimento mais importante – > Clique aqui para ler;

– Chegou a hora da administração? – > Clique aqui para ler;

– Questionar é preciso : liderando equipes talentosas – > Clique aqui para ler;

– Gestão e inovação é com o lado direito do cérebro – > Clique aqui para ler;

Anúncios

4 Respostas to “A metáfora do futebol”

  1. Samuel said

    Adorei esse site vou indicar para meus amigos, Para quem gosta de discussões sobre futebol pode acessar o http://www.futebolforum.tk

  2. […] há algum tempo atrás, eu postei um texto sobre as oportunidades de expansão internacional que as empresas brasileiras poderiam aproveitar com a crise financeira que se instalou em 2009. Fiz até uma analogia com o futebol em que times como São Paulo e Flamengo, hexa-campeões brasileiros, no passado não teriam chances de sucesso se disputassem campeonatos como o Espanhol ou Italiano devido ao poder financeiro desses mercados, mas que com a crise essa distância havia se encurtado e as chances de sucesso desses times passaram a ser maiores. (acesse aqui para ler o post) […]

  3. […] há algum tempo atrás, eu postei um texto sobre as oportunidades de expansão internacional que as empresas brasileiras poderiam aproveitar com a crise financeira que se instalou em 2009. Fiz até uma analogia com o futebol em que times como São Paulo e Flamengo, hexa-campeões brasileiros, no passado não teriam chances de sucesso se disputassem campeonatos como o Espanhol ou Italiano devido ao poder financeiro desses mercados, mas que com a crise essa distância havia se encurtado e as chances de sucesso desses times passaram a ser maiores. (acesse aqui para ler o post) […]

  4. […] há algum tempo atrás, eu postei um texto sobre as oportunidades de expansão internacional que as empresas brasileiras poderiam aproveitar com a crise financeira que se instalou em 2009. Fiz até uma analogia com o futebol em que times como São Paulo e Flamengo, hexa-campeões brasileiros, no passado não teriam chances de sucesso se disputassem campeonatos como o Espanhol ou Italiano devido ao poder financeiro desses mercados, mas que com a crise essa distância havia se encurtado e as chances de sucesso desses times passaram a ser maiores. (acesse aqui para ler o post) […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: