Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

7 Regras do nunca para gestão de projetos by Max Gehringer

Posted by marcelao em fevereiro 11, 2009


Blog do Marcelão

↑ Grab this Headline Animator

Pessoal,

                 vejam só que coincidência : Domingo, eu publiquei as frases proibidas quando se trata de gestão de projetos. Segunda-feira é o dia das listas do mundo corporativo no comentário do Max Gehringer e, na última segunda(09.02), ele listou as sete regras do nunca quando tratamos de gestão de projetos.

                 Antes de lista-las, Max comentou como eram os projetos em uma empresa que ele trabalhou. A maioria dos projetos não apresentava resultados, foi então que eles decidiram parar e verificar as causas desse fracasso. Perceberam que os projetos sofriam muitas mudanças no meio dos projetos (UFA! Achei que era só comigo) e os motivos dessas mudanças eram porque as pessoas mudavam de opinião várias vezes, se omitiam ou estavam mais interessadas em discutir com os outros membros da equipe, ou seja, o problema era de liderança.

                 Foi então que eles atribuiram um lider para cada projeto e criaram as sete regras do nunca para projetos(com meus comentários) :

                  – “Nunca peça exatamente a mesma coisa para duas pessoas” – > Vale lembrar a torre de babel nesse caso, ou seja, cada um vai entender de uma forma e a chance de não chegarem ao entendimento comum é muito alta;

                  – “Nunca acredite que uma pessoa que estudou mais que a outra, sabe mais que a outra” – > Formação a mais não significa sabedoria a mais. Já vi muita gente que apenas estava “cumprindo tabela” em sala de aula em MBA;

                  – “Nunca dê uma tarefa urgentíssima para um funcionário com tempo livre. Dê para um funcionário que esteja muito ocupado.” – > Quem está muito ocupado tem um senso muito maior de urgência;

                  – “Nunca acredite que um problema atingiu seu ponto máximo. Tudo sempre pode piorar.” – > O jogo só acaba quando termina, pois você pode levar um gol aos 46 do segundo tempo. Lei de murphy pura;

                 – “Nunca acredite na opinião de quem não pode tomar decisão.” – > Essa acontece muito em projetos. Verifique sempre até onde vai a autonomia de quem está negociando com você no projeto;

                 – “Nunca delegue coisas que depois só você terá que explicar” – > Você delega tarefas, mas não responsabilidades. A responsabilidade final é sempre do lider;

                 – “Nunca tente convencer quando você pode mandar” – > Discordo um pouco. Acho que depende da situação, se bem que muitas vezes é necessário quando cada integrante do projeto quer tomar o seu próprio rumo;

                 Na minha opinião, o sucesso do lider a frente de um projeto depende muito das suas habilidades comportamentais e o nível de empowerment que ele recebe para tocar o projeto. Isso depende muito do tipo de estrutura organizacional que a empresa possui. Quanto mais funcional, menos poder tem o lider. Quanto mais matricial, mais poder ele possui.

                O problema é que temos uma crise de falta de confiança muito grande dentro das empresas e o resultado disso é que as responsabilidades estão muito divididas e, quando isso ocorre, ninguém é responsável por nada.

Um abraço.

Ouça o comentário na integra do Max em http://cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/max-gehringer/2009/02/09/AS-SETE-REGRAS-PARA-OS-PROJETOS-DAREM-CERTO.htm

Bookmark and Share

Leia também os seguintes posts :

– Frases proibidas em gestão de projetos – > Clique aqui para ler;

– A diferença entre lideres e gerentes – > Clique aqui para ler;

– Por quê precisamos de líderes? – > Clique aqui para ler;

– Palestra realizada na Tecnologia do BB – Inovação, empreendedorismo e projetos – > Clique aqui para ler;

–  Empreendedor corporativo – > Clique aqui para ler;

– Qual é o seu diferencial? – > Clique aqui para ler;

– Processo decisório : 3 modelos de Mintzberg – > Clique aqui para ler;

– Livro : Safári de Estratégia -> Clique aqui para ler;

– Competências dos lideres do futuro – > Clique aqui para ler;

– Gestão de longo prazo – > Clique aqui para ler

– Busque a Unidade, mas sem Uniformidade – > Clique aqui para ler;

– Importância da franqueza nas organizações – > Clique aqui para ler;

– Questionar é preciso : liderando equipes talentosas – > Clique aqui para ler;

– Livro : Qual é a tua obra? – > Clique aqui para ler;

– “Quem não se comunica, se trumbica” – > Clique aqui para ler;

– O que é liderar? – > Clique aqui para ler;

– Liderança – Existe espaço para arrogância no mundo de hoje? – > Clique aqui para ler;

Anúncios

4 Respostas to “7 Regras do nunca para gestão de projetos by Max Gehringer”

  1. “- “Nunca dê uma tarefa urgentíssima para um funcionário com tempo livre. Dê para um funcionário que esteja muito ocupado.” – > Quem tempo livre é porque não tem competência para executar tarefas;”

    Sinceramente não concordo totalmente com essa afirmação, pois afirmar que quem tem tempo livre é incompetente é generalizar algo que pode muitas vezes estar além da sua compreensão. E isso pode acabar causando problemas.

    Eu, por exemplo, me senti ofendido com sua afirmação. Em todas empresas que trabalhei procurei sempre me concentrar no meu trabalho para poder fazê-lo bem e com rapidez, o que por tabela me concedia algum tempo livre. E este tempo livre não era pelo fato de ser incompetente.

    Portanto… para ser um bom líder, acho que a primeira regra é medir as palavras para acabar não cometendo nenhuma injustiça ou mesmo dizendo inverdades.

    Fica ae o meu abraço!

    • marcelao said

      Mauricio,

      obrigado pelo feedback e desculpe se você sentiu-se ofendido, OK? Mas, assim como não podemos generalizar que quem tem tempo livre é incompetente, não podemos generalizar “tempo livre” como tempo ocioso. A minha afirmação era referente ao tempo livre daqueles que estão enrolando. No seu caso, trata-se de tempo livre resultado de produtividade, que acredito, no seu caso, que nem se trata de tempo livre, pois você provavelmente deve utiliza-lo para planejar as próximas atividades ou ler algo que contribua para o seu aperfeiçoamento.
      É fato que nas empresas sempre há alguém que não está comprometido e aqueles que estão bastante comprometidos. Existe uma frase que eu sempre comento que é “Os justos pagam pelos desonestos” . Muitas regras são criadas para evitar a desonestidade e quem é justo acaba tendo um esforço maior no seu trabalho só para atender essas regras.

      De qualquer forma, a Internet permite você rever posições, portanto vou dar um outro enfoque para o meu comentário. Leia e volte aqui para comentar, OK?

      Um abraço.

  2. […] – 7 regras do nunca para gestão de projetos by Max Gehringer – > Clique aqui para ler; […]

  3. […] – 7 regras do nunca para gestão de projetos by Max Gehringer – > Clique aqui para ler; […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: