Blog do Marcelão

Blog para debate sobre excelência na gestão.

O que é planejamento estratégico?

Posted by marcelao em abril 5, 2008


Blog do Marcelão

↑ Grab this Headline Animator

Pessoal,

              vamos tratar hoje de um instrumento importante para as empresas, principalmente, diante do ambiente em que vivemos de mudança constante e de alta competitividade que é o planejamento estratégico.

              Primeiro vamos conceituar o que vem a ser planejamento estratégico.

              Podemos simplificar o conceito de planejamento estratégico como um plano antecipado do que fazer para ser bem-sucedido, um conjunto de decisões tomadas previamente a respeito do que deve ser feito a longo prazo, ela é a ponte para o futuro. O conceito de estratégia está intimamente ligado a competição, por estar a frente da concorrência, ao ato de preparar-se para as mudanças do ambiente e passar a lidera-las adotando assim uma posição pro-ativa.

              A principal função do planejamento estratégico é promover o envolvimento da organização como um todo, oferecendo a direção para que seja permitida a sinergia entre as ações dos diversos individuos e interesses que compõem as organizações. Ela busca a inserção da organização e de sua missão no ambiente em que ela está atuando..

              Para Drucker, “o planejamento estratégico é o processo contínuo de, sistematicamente e com o maior conhecimento possível do futuro contido, tomar decisões atuais que envolvem riscos, organizar sistematicamente as atividades necessárias à execução dessas decisões e, através de uma retroalimentação organizada e sistemática, medir o resultado dessas decisões em confronto com as expectativas alimentadas.”

              A estratégia envolve levar a empresa do patamar atual em que se encontra para um patamar superior.

              Para explicar como deve ser feita a elaboração de uma estratégia, vou tentar associar esse procedimento a forma como devemos gerir nossas vidas ou carreiras.

              Como escrevi no parágrafo anterior, a estratégia envolve levar a empresa a um nível superior ao que se encontra. Nas empresas, assim como nas nossas vidas, se quisermos evoluir devemos primeiramente nos conhecer. Saber o que nós mais valorizamos e qual o papel que queremos desempenhar na sociedade em que vivemos. Isso envolve o conceito de MISSÃO que é o elemento que traduz as responsabilidades e pretensões da organização junto ao ambiente. A MISSÃO define a sua razão de ser, o seu papel na sociedade.

              Depois de nos conhecermos, o próximo passo para crescermos é definir o que queremos vir a ser, o que queremos ser no futuro. Esse conceito é o que conhecemos como VISÃO. A visão deve ser inspiradora, algo que nos estimule e nos motive a ação ( lembram do post sobre motivação?). A MISSÃO e a VISÃO compõem o que chamamos de INTENÇÃO ESTRATÉGICA.

               Agora, sabemos quem somos e sabemos o que queremos vir a ser. O próximo é fazermos uma avaliação do ambiente interno e externo.

               Com relação ao ambiente interno, o objetivo é identificarmos nossas forças e fraquezas. Isso exigirá de você ou da empresa em que você trabalha um trabalho de reconhecimento de quais foram as qualidades que o levaram ao nível em que você está hoje e se elas são suficientes para fazer com que você cresça, se você precisa aprimorá-los ou se precisa desenvolver novas competências. Outro lado a ser avaliado são as suas fraquezas que envolverá a decisão de tentar resolve-las, adquiri-las no mercado ou redirecionar a sua atuação no mercado.

                 Com relação ao ambiente externo, o objetivo é identificar as oportunidades e ameaças que o ambiente externo oferece. Isso envolve fazer uma análise do ambiente em que você está inserido e em associar as suas forças e fraquezas com essas oportunidades e ameaças. Por exemplo, o mercado de trabalho vem exigindo uma nova postura dos trabalhadores. Postura que envolve ter uma atitude mais participativa nas decisões da empresa, mais empreendedora e que assuma riscos em busca de inovações que possam representar  vantagem competitiva para a empresa. Se você, ao fazer a análise das suas forças e fraquezas, identificou que as suas forças estão alinhadas com essa exigência do mercado, trata-se de uma oportunidade. Por outro lado, se você, ao longo da sua vida, não manifestou essas atitudes, provavelmente você terá que desenvolve-las ou procurar empresas que valorizem atitudes mais passivas.

                Essa análise do ambiente externo tem um valor muito grande para os trabalhadores na gestão de suas carreiras, porque auxilia em mudanças no mercado e que trarão transformações nas profissões podendo até mesmo extingui-las. Nesse ponto, a tecnologia exerce papel fundamental nessas mudanças. Um exemplo que podemos citar é a profissão de digitadores que, se já não estiver extinta, poderá entinguir-se em futuro próximo com o avanço das tecnologias de reconhecimento de documentos.

                Após a análise do ambiente interno e externo, você deve identificar quais são os fatores criticos de sucesso para alcançar a visão definida na estratégia. A partir da análise do ambiente, você deve identificar quais as questões realmente criticas para a organização e cuja solução dependerá o sucesso da sua estratégia.

                Após todas essas etapas, você deve estabelecer quais os objetivos que você deseja atingir. Entenda-se objetivos como resultados a serem alcançados por você em um determinado período. Eles devem prever uma hierarquia de importância, nível e urgência. Os objetivos devem ser claros, especificos, mensuráveis e fáceis de serem apurados e monitorados. Eles servem como unidade de medida do desempenho da organização em relação aos seus concorrentes e funcionam como aglutinadores de esforços, de convergência de atividades e de direcionamento de esforços para que os diversos atores envolvidos (stakeholders) tenham suas ações integradas de maneira coordenada.

                 Esse processo de elaboração não é um processo de construção sequencial. Trata-se de um processo ciclico que envolve muitas iterações até que seja concluído um planejamento estratégico inicial, trata-se de um processo de aprendizado continuo da organização. Inicial, porque nunca se deve menosprezar as mudanças do mercado e que poderão exigir algumas mudanças na estratégia elaborada, pois, assim como nos projetos, não existe planejamento perfeito.

                 Diante disso, o próximo post estabelecerá o vinculo entre as estratégias e os projetos.

Até lá e um abraço.

Leia também os seguintes posts :

- Liderança – Existe espaço para arrogância no mundo de hoje? – > Clique aqui;

- Transferência de poder e nova postura do profissional – > Clique aqui;

- Empreendedor Corporativo – > Clique aqui;

- Empreendedorismo, inovação e projetos – > Clique aqui ;

- Liderança do futuro – Lider 2.0 – > Clique aqui;

- Competências dos lideres do futuro – Parte I – > Clique aqui;

- Competências dos lideres do futuro – Parte II – > Clique aqui;

- Leia o resumo do livro “O livro do futuro” de John Naisbitt – > clique aqui;

About these ads

9 Respostas to “O que é planejamento estratégico?”

  1. [...] Recentes O que é planejament… em Motivação – O que é isso?…O que é planejament… em Ciclo de vida dos projetos – P…O que é planejament… em Importância [...]

  2. [...]             Liderar é ser agente de transformação. É estar sempre pronto para as mudanças através da avaliação do ambiente e isso requer PLANEJAMENTO (Leia mais aqui). [...]

  3. [...] quer ter esclarecendo a missão e a visão da empresa estabelecido no planejamento estratégico (leia o post sobre planejamento estratégico), pois corre-se o risco de os colaboradores tomarem iniciativas no sentido errado, desalinhados com [...]

  4. silmara said

    para o curso

  5. [...] –  O que é planejamento estratégico? – > Clique aqui para ler; [...]

  6. [...] –  O que é planejamento estratégico? – > Clique aqui para ler; [...]

  7. [...] –  O que é planejamento estratégico? – > Clique aqui para ler; [...]

  8. Frases said

    [...] “O planejamento não é uma tentativa de predizer o que vai acontecer. O planejamento é um instrumento para raciocinar agora, sobre que trabalhos e ações serão necessários hoje, para merecermos um futuro. O produto final do planejamento não é a informação: é sempre o trabalho.” Peter Drucker. (Leia mais sobre isso aqui) [...]

  9. [...] Fonte: Artigo escrito por Marcelo Bastos [...]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.602 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: